Campinas vai receber 80 mil doses e amplia vacinação contra febre amarela | Rádio Arara FM 87,9

ULTIMAS NOTÍCIAS

.

.

Campinas vai receber 80 mil doses e amplia vacinação contra febre amarela


A secretaria de Saúde de Campinas (SP) confirmou, na tarde desta segunda-feira (27), que vai ampliar a vacinação contra febre amarela. De acordo com a Vigilância em Saúde, a medida foi definida em reunião entre o Executivo e o governo estadual para definir ações de combate à doença. A imunização será ampliada para cerca de 74 mil pessoas que vivem na zona rural do município, além de profissionais de saúde que ainda não receberam as doses.

Ainda segundo a Prefeitura, as 80 mil novas doses devem chegar à Campinas até sexta-feira (31) e o cronograma de vacinação ainda não foi definido pela Secretaria de Saúde. Na última sexta (24), a pasta confirmou a morte de três macacos no distrito de Sousas. A administração ainda aguarda o resultado dos laudos de outros cinco animais encontrados na região.

O Executivo orientou que quem frequentar os distritos de Souzas e Joaquim Egídio deve estar vacinado contra febre amarela ou fazer uso de repelente a cada duas horas. Desde janeiro, 28,8 mil pessoas foram imunizadas contra a doença na rede pública de Campinas. A partir de fevereiro, as doses passaram a ser aplicadas apenas através de agendamento.

Área de risco

O secretário de Saúde de Campinas, Cármino de Souza, reiterou que o risco do surgimento de casos da febre amarela urbana no município é zero. Segundo o titular da pasta, as pessoas que estão em área de risco são as que vivem em área rural e próximo de onde os macacos foram encontrados.

"Eu tenho que deixar a população tranquila. Quem está em área urbana e não vai frequentar área de mata, não precisa se vacinar, porque não existe risco e a vacina pode trazer efeitos adversos. No caso de quem está am área rual, existe o risco da doença, então tem que ser vacinado mesmo com a condição adversa", disse o secretário.

Após a confirmação das mortes dos macacos, a procura pela vacinação aumentou em Campinas. Nesta segunda-feira, a fila no chat disponibilizado pela Secretaria de Saúde para agendamento chegou a ter 270 pessoas. “Nós vamos vamos delimitar o raio ideal para vacinar toda a população do entorno”, explicou a diretora da Vigilância em Saúde de Campinas, Andrea Von Zuben.

Mortes na região

Exames feitos pelo Instituto Adolfo Lutz atestaram que os três macacos que morreram na fazenda Santa Lídia, na área rural do distrito de Sousas, foram vítimas da doença. Na região, um animal foi encontrado morto em Socorro (SP) e outros seis macacos já haviam sido confirmados com febre amarela, sendo quatro em Amparo (SP) e dois em Monte Alegre do Sul (SP).

Estado

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo afirma que registrou em 2017 três mortes por febre amarela silvestre autóctone nos municípios de Américo Brasiliense (SP), Araraquara (SP) e Batatais (SP).

Além disso, ressaltou que há cinco mortes confirmadas que são importadas, ou seja, as infecções ocorreram fora do estado, todas em Minas Gerais, com notificações em Santana do Parnaíba (SP), três na capital e uma em Paulínia (SP).


Desde o ano passado até o momento, segundo a secretaria estadual, foram confirmados 53 casos positivos de febre amarela em primatas não humanos, em regiões silvestres de Ribeirão Preto, Barretos, Franca, São José do Rio Preto, São João da Boa Vista, Socorro, Sorocaba e Campinas.


Nessas regiões já foram feitas ações de busca e bloqueio de vetores e pesquisas em matas próximas aos locais onde os macacos foram encontrados.




Fonte : G1

0 comentários Em"Campinas vai receber 80 mil doses e amplia vacinação contra febre amarela"

Deixe um Comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga