Energia ‘roubada’ na PB no 1º semestre daria para abastecer Patos por um ano | Rádio Arara FM 87,9

ULTIMAS NOTÍCIAS

.

.

Energia ‘roubada’ na PB no 1º semestre daria para abastecer Patos por um ano



As ligações clandestinas de energia elétrica, além de ser crime, podem causar diversos prejuízos. Na Paraíba, neste primeiro semestre foram registrados cerca de seis mil “gatos” de energia. Um número 4% maior que no mesmo período do ano passado, quando foram registrados 5,4 mil ligações clandestinas. A energia roubada neste período daria para atender por um ano, uma cidade do tamanho de Patos, no Sertão paraibano.
Segundo a Energisa, empresa responsável pelo fornecimento da energia elétrica no Estado, o consumo irregular da eletricidade gerou um prejuízo de aproximadamente 31,2 milhões só nesse semestre. “A energia desviada no período é suficiente para atender mais de 40 mil unidades consumidoras por um ano, o que corresponde a uma cidade do tamanho de Patos”, informou Marina Rievers, da gerência de comunicação da Energisa.
Além dos prejuízos financeiros, o desvio de energia pode acarretar danos nas instalações internas das casas sobrecarregando o sistema elétrico. “O furto de energia afeta o abastecimento, podendo causar acidentes e outros danos. Além do prejuízo financeiro, o furto  representa risco de morte, tanto para os que interferem no sistema elétrico à revelia da distribuidora, quanto para os vizinhos das unidades onde é feito o furto”, disse.
Punição para o crime
No caso da fraude confirmada, o consumidor irregular responderá a processo por crime contra o patrimônio, previsto no Artigo 155 do Código penal, e pode pegar até oito anos de prisão e pagar os valores do consumo da energia desviada.
De acordo com a gerência de comunicação, para localizar onde há ligação clandestina, a empresa mantém o Centro de Inteligência de Combate a Perdas (CICOP) que monitora o consumo dos clientes e até consegue detectar indícios de desvios de energia. “Com base nessas informações, são feitas verificações em campo”, contou.
Qualquer pessoa pode denunciar, de forma segura e sigilosa o furto de energia elétrica. “As denúncias podem ser feitas em qualquer dos nossos canais de atendimento: site, facebook,  o nosso aplicativo para celular  Energisa On, call center e agências”, disse.

Fonte : Alyf Santos do Correio da Paraiba

0 comentários Em"Energia ‘roubada’ na PB no 1º semestre daria para abastecer Patos por um ano"

Deixe um Comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga