Até dezembro, mais de 172 mil cisternas foram instaladas em 8 estados | Rádio Arara FM 87,9

ULTIMAS NOTÍCIAS

.

.

Até dezembro, mais de 172 mil cisternas foram instaladas em 8 estados


Divulgação/Codevasf
Divulgação/Codevasf
A Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) atingiu, em dezembro, a meta de mais de 172 mil cisternas instaladas nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí e Sergipe.
A ação faz parte do programa Água para Todos, coordenado pelo Ministério da Integração Nacional (MI), e integra as estratégias do governo federal de convivência com a seca.
“O balanço das ações executadas pela Codevasf neste ano, no âmbito do Água para Todos, é altamente positivo. Nós atingimos a nossa meta, beneficiando até o momento cerca de 860 mil pessoas. Muitas famílias estão convivendo com a seca e tendo acesso a água graças às cisternas”, assegura o coordenador-geral do programa na Codevasf, Elton Silva Cruz.
O agricultor familiar João Augusto Gonçalves de Miranda – que mora com a mulher Cristiane Maura da Silva, e dois filhos, Marconi Augusto da Silva Miranda e Joana Thaila da Silva Miranda, no povoado de Olhos D’água, situado no município de Miguel Calmon, semiárido baiano – foi um dos beneficiários do programa e destaca que antes de consumir a água das cisternas, a população da região enfrentava muitos problemas de saúde, como verminoses.
“A cisterna trouxe saúde, qualidade de água e de vida. Aqui, antes de ter a cisterna, a gente consumia uma água sem tratamento, sem qualidade para o consumo humano. As casas que receberam a cisterna, com certeza, vão ter uma qualidade de vida melhor, água saudável. É quase uma água mineral, e a custo zero para as famílias beneficiadas”, afirma o agricultor familiar.
Apesar das dificuldades encontradas no sertão, Miranda diz que é possível ter uma vida digna. “Temos grandes dificuldades, mas com apoio e conhecimento temos como sobreviver. Não é muito fácil porque essa região de semiárido é precária de chuva, mas buscando e recebendo o apoio do governo, como esse da cisterna, tem como continuar vivendo nessa região”, explica.
Localizado na área de atuação da 6ª Superintendência Regional da Codevasf, com sede em Juazeiro (BA), o município de Miguel Calmon, no Centro Norte Baiano, devido aos efeitos da estiagem, foi reconhecido em 2012 e 2013 como em situação de emergência pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec/MI).
Ampliação
Até o fim de 2014 fora instaladas 61.342 cisternas na Bahia; 21.478 em Alagoas; 5.471 no Ceará;  5.225 no Maranhão; 22.101 em Minas Gerais; 39.950 em Pernambuco; 12.732 no Piauí; e 4.171 em Sergipe.
“O Água para Todos é um programa vitorioso, e tem um horizonte de ampliação nacional pelas dificuldades de convivência com a seca, que foram mostradas ao longo deste ano, em áreas que não ouvíamos falar de problemas hídricos, como na região Sudeste”, ressalta Elton Silva Cruz.
Água para Todos
O programa Água Para Todos é uma ação continuada do governo federal que teve início em 2011 e tem execução prevista até o fim de 2014. Integrante do Plano Brasil Sem Miséria, o Água para Todos reúne um conjunto de ações que busca universalizar o acesso e uso de água para consumo humano e para a produção agrícola. Entre os objetivos estão oferecer água de qualidade para melhorar a segurança alimentar e nutricional, especialmente no semiárido do Nordeste.
As cisternas instaladas pela Codevasf, uma das executoras do programa, são de polietileno e têm entre as principais características a simplicidade no processo de instalação, a resistência e a vedação do armazenamento. Cada reservatório pode acumular até 16 mil litros de água, quantidade suficiente para suprir as necessidades básicas de uma família de cinco pessoas por períodos de estiagem de até seis meses.
O abastecimento das cisternas ocorre durante os períodos chuvosos: a água da chuva é aparada no telhado do local beneficiado e conduzida, por meio de um sistema de calhas e canos, para o interior do reservatório.
Nas localidades em que a estiagem tem sido mais severa, as cisternas estão permitindo que as famílias guardem com segurança a água provida por caminhões-pipa. Com a observância de cuidados básicos, que são comunicados às famílias em treinamentos específicos, a água é própria para saciar a sede e para uso no preparo de alimentos.
Fonte: Codevasf

0 comentários Em"Até dezembro, mais de 172 mil cisternas foram instaladas em 8 estados"

Deixe um Comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Postagem mais recente Postagem mais antiga