Rádio Arara FM - ZYL 735 - 87,9 MHz

Últimas Notícias

São Paulo supera cansaço, vence o Bahia e volta à vice-liderança

Written By Sejam bem vindos à Rádio Arara FM on segunda-feira, 20 de outubro de 2014 | 04:55

O São Paulo superou o cansaço da viagem ao Chile e o pouco tempo de preparo para o jogo contra o Bahia, neste sábado, no Morumbi, com a qualidade técnica de seus jogadores. Comandado por Kaká, e com Ganso e Rogério Ceni acertando chutes certeiros, o Tricolor paulista bateu o time baiano por 2 a 1, em duelo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fahel descontou para os visitantes.
Neste domingo, o tricolores terão de secar concorrentes. Com a vitória, o São Paulo foi a 52 pontos e assumiu momentaneamente a vice-liderança do Brasileirão. Precisará  torcer para o Internacional, que tem 50, não vencer o Corinthians, neste domingo, em Porto Alegre. O Crruzeiro, que lidera com 56, joga neste domingo contra o Vitória, em Salvador. O Bahia, com 30, segue na zona de rebaixamento, pode ser ultrapassado por Coritiba e Botafogo e terminar a rodada na penúltima colocação.
Marcelo Lomba, São Paulo X Bahia (Foto: Marcos Ribolli)Marcelo Lomba pula para tentar defender o chute de Rogério Ceni, mas não alcança (Foto: Marcos Ribolli)
- Estamos brigando pelo campeonato e vamos brigar até a última rodada – avisa Ganso.
Do outro lado, o técnico Gilson Kleina lamentava.
- Qualquer derrota tem um peso muito grande, ainda mais porque tivemos uma sequência ruim. Temos de levantar a cabeça e acreditar.
O jogo
Os dois times times tiveram uma semana complicada, com jogos no exterior pela Copa Sul-Americana. O São Paulo colocou em campo neste sábado a base que atuou contra o Huachipato, no Chile, quarta-feira. O Bahia, por outro lado, trocou seis jogadores que atuaram contra o Cesar Vallejo, no Peru, também na quarta. Por isso, o time de Salvador teve muito mais perna para correr e marcar bem os donos da casa, que, apesar de terem mais a bola, tiveram dificuldades para criar jogadas.
Como estava difícil para chegar tocando, o São Paulo apelou para a bola parada. O primeiro tempo se encaminhava para o fim, quando, aos 39, Ganso tentou chute. A bola bateu na mão de Rafael Miranda, e a arbitragem assinalou falta na entrada da área; para Rogério Ceni, quase um pênalti. O capitão acertou cobrança perfeita. Marcelo Lomba se esticou todo, chegou a encostar na bola, mas não o suficiente para evitar o gol de número 123 do goleiro são-paulino.
Ganso, São Paulo X Bahia (Foto: Marcos Ribolli)Autor do segundo gol, Ganso foi um dos destaques da vitória são-paulina (Foto: Marcos Ribolli)
O segundo tempo foi melhor, com o Bahia tentando se soltar, mas deixando espaços para os contra-ataques do São Paulo. O time de Salvador ameaçou o gol de Rogério Ceni duas vezes, mas o goleiro conseguiu segurar. Com mais qualidade e campo para jogar, os meias são-paulinos foram criando chances. Luis Fabiano, que entrou no lugar de Kardec, perdeu um gol feito após jogada de Alvaro Pereira pela esquerda. Aos 33, Ganso mostrou ao atacante como se faz: recebeu pela meia direita, avançou, percebeu o canto esquerdo de Marcelo Lomba aberto e acertou chute milimétrico, ampliando o placar.
O Bahia se lançou de vez para o ataque e conseguiu diminuir, com Fahel completando de cabeça cruzamento da direita, aos 42, mas não teve forças para o empate. Melhor para o São Paulo, que volta a ganhar confiança na caça ao líder Cruzeiro.
Fonte: Globoesporte.com

Pesquisa 6Sigma é suspensa na PB ; diretor faz mistério sobre motivo

pesquisaO instituto 6Sigma realizou pesquisa eleitoral para a disputa pelo governo da Paraíba, mas acabou não divulgando os números neste sábado (18), como havia anunciado.
Em conversa com o radialista Fabiano Gomes, o diretor da empresa, Pedro César, não quis revelar os motivos que teriam impedido o instituto de fazer a divulgação do levantamento na TV Master e na Campina FM.
Durante a conversa, Pedro afirmou que o contratante da pesquisa não teria permitido a sua divulgação, mas se disse impossibilitado de revelar quem teria contratato o levantamento.
Ele chegou a dizer que a pesquisa foi comprada por uma empresa de tecnologia pertencente ao seu grupo, a Sigma Pesquisa e Consultoria Estatística Ltda, e que depois o parceiro que tinha comprado impediu a divulgação. Pedro disse ainda que já tinha, inclusive, negociado a divulgação dos números com veículos de comunicação, mas “ficou preso por força de contrato”.
Questionado sobre o atual panorama das eleições na Paraíba, Pedro César se limitou a dizer que a disputa está “pau a pau”, mas deixou claro que não poderia revelar quem estaria na dianteira.
O diretor da 6Sigma também comentou os números da pesquisa Ibope divulgada nesta sexta-feira (17). Segundo ele, o Ibope só mereceu confiança enquanto “copiou”os números das duas últimas pesquisas do seu instituto. “Agora, já que eles não tiveram como copiar nossos números, voltaram ao padrão Ibope de errar”, ironizou.
Fonte: MaisPB

De 430 candidatas donas de casa, apenas uma é eleita no país

arte donas de casa

De um total de 430 candidatas donas de casa que concorreram a cargos nestas eleições, apenas uma foi eleita, ao cargo de deputada federal, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Dulce Miranda (PMDB) foi eleita no Tocantins com um patrimônio declarado de R$ 2,26 milhões. Ela ficou em primeiro lugar no estado, com 75.934 votos.
Desde 2010, é obrigatório aos partidos respeitar a cota de 30% de candidatas mulheres nas coligações. Naquela eleição, 337 donas de casa concorreram, contra 65 em 2006.
Na última eleição, de 2012 para vereador, houve um aumento de 131% no número de donas de casa disputando um cargo eletivo em relação a 2008.
As principais ocupações citadas pelas candidatas nas eleições deste ano foram professora e dona de casa. De acordo com o TSE, das cerca de 7,8 mil mulheres que concorreram a cargos públicos nas eleições deste ano, lideram a lista professoras, donas de casa, empresárias, estudantes, bolsistas e estagiárias, advogadas e servidoras públicas estaduais.
Fonte: G1

Desfile Cívico marcou os 135 anos de emancipação política do município de Bananeiras

desfileO município de Bananeiras, no brejo da Paraíba, completou nesta quinta-feira, 16 de outubro, 135 anos de emancipação política. A data foi comemorada com a realização de um desfile cívico que contou com as presenças de todas as escolas do município, bem como com as presenças de usuários dos serviços sociais, igrejas e bandas marciais de cidades vizinhas.
O evento teve como tema; “A História da Arte: da Pré-história à Contemporaneidade”, e foi organizado pela Secretaria de Educação e a Secretaria de Desenvolvimento Social do Município.

Fizemos uma verdadeira viagem na história da arte, passando por vários períodos importantes até chegarmos a contemporaneidade.” Comentou a Secretária de Educação, Carol Ramalho. Para a Secretária de Desenvolvimento Social, Maryjanne Lucena, o evento expôs o potencial dos alunos das escolas do município, onde puderam mostrar o aprendizado adquirido em sala de aula. O Prefeito Douglas Lucena, que prestigiou o evento, disse que o município tem um grande potencial econômico, passando por vários ciclos em sua história; “desde o café à piscicultura, hoje principal fonte de renda no nosso município”.
Fonte: CODECOM-

IX ENLICA: Campus Universitário de Bananeiras recebeu Delegações de todo Brasil

enlicaAs cidades de Bananeiras e de Solânea, no Brejo paraibano, estão acolhendo desde segunda feira 13 centenas de estudantes, professores e pesquisadores participantes do 9º Encontro Nacional das Licenciaturas em Ciências Agrárias IX ENLICA e do 1º Simpósio de Licenciatura em Ciências Agrárias (SIMLICA), promovidos pelos cursos de Ciências Agrárias da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), do Campus de Catolé do Rocha, em parceria com os Cursos de Ciências Agrárias da UFPB e UFPB Virtual. O evento está contando com cerca de 500 participantes, sendo a maioria delegações de outras regiões do pais a exemplo de estudantes e professores do Instituto Federal Catarinense – Campus Araquari - IFC, do Estado de Santa Catarina, do IF Baiano - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano, da UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de JaneiroUFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco (Recife), e do IFMA - Instituto Federal do Maranhão, participantes da comunidade acadêmica do Campus da UEPB de Catolé do Rocha e do Campus da UFPB em Bananeiras, entre outros acadêmicos de Instituições de Ensino Superior do Brasil e professores da rede de ensino básico, além de representantes de entidades relevantes como a Associação de Profissionais das Licenciaturas em Ciências Agrícolas (APLICA). Destacou-se ainda a presença dos alunos da Escola Agrotecnica do Cajueiro, Campus também da UEPB, e dirigentes Pró-reitores, Diretores e Coordenadores das universidades e institutos e das instituições representativas, destacando-se a vinda do Prof. José Carlos Brancher, Pro-Reitor de Extensão do IFC e Presidente do Fórum de Pró-reitores de Extensão das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (FORPROEXT) e do Pro-Reitor de Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (PRAPE-UFPB) Prof. Thompson Lopes de Oliveira.
Segundo Prof. Marcos Barros de Medeiros o evento conta com o auxílio financeiro conquistado (Parceria da equipe conjunta UEPB-UFPB) através de aprovação pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Governo Federal além do apoio das Reitorias da UFPB, UEPB, Prefeitura Municipal de Bananeiras e Prefeitura Municipal de Solânea, Curso de Ciências Agrárias da UFPB Virtual, Pro-Reitoria de Assistência ao Estudante PRAPE/UFPB;  Federação Nacional do Ensino Agrícola - FENEA, Associação nacional dos Técnicos Agrícolas e Associação dos Profissionais Licenciados em Ciências Agrícolas e Agrárias

Abrindo com o Tema “Da sala de aula ao Campo ” proferido pela Profa. Doutora Maria do Socorro Xavier Batista do Colegiado Nacional do PRONERA/MDA/INCRA e membra do Fórum nacional de educação do campo, nos dois eventos simultâneos estão sendo debatidas ainda em Bananeiras questões sobre: Educação do campo, agroecologia, agricultura familiar, mundo do trabalho e sustentabilidade familiar, diretrizes curriculares e mercado de trabalho do profissional licenciado em ciências agrárias que farão parte de um documento que tem como objetivo o fortalecimento da profissão, por meio da criação de um conselho profissional e de diretrizes curriculares, além de propostas alternativas, e tecnologias sociais, assistência técnica e extensão rural e relações do curso com a comunidade. Dentre as atividades que serão realizadas estão plenárias de discussão para docentes, discentes e profissionais que se interessem pelo futuro das Licenciaturas em Ciências Agrárias.
Segundo o Professor Breno Henrique de Souza o  ENLICA (Encontro Nacional das Licenciaturas em Ciências Agrárias) trata-se de um evento nacional dessas licenciaturas que historicamente vem discutindo a nível nacional os seus rumos e seus desafios. Nessa trajetória busca-se a consolidação dessas licenciaturas tanto no âmbito acadêmico quanto profissional. Neste ano o ENLICA está sendo organizando por uma parceria entre os cursos de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba e Universidade Estadual da Paraíba.

Neste ano foi realizado simultaneamente o I SIMLICA (Simpósio de Licenciatura em Ciências Agrárias) que corresponde ao evento dos Cursos de Graduação em Ciências Agrárias – Licenciaturas Plena e a Distância da UFPB Virtual e atende a uma demanda histórica pela realização de um evento local para o curso, estabelecendo uma plenária de discussão para docentes, discentes e profissionais que se interessem pelo futuro das Licenciaturas em Ciências.

O evento teve ainda como objetivos atualizar os profissionais; refletir sobre a qualificação profissional e a interdependência com o homem do campo e a sociedade; debater modelos de políticas públicas que tenham como objetivo melhorar a vida do homem do campo; discutir os caminhos que as Licenciaturas em Ciências Agrárias devem seguir nos próximos anos; intercalar momentos de aprimoramento profissional com atividades culturais estreitando assim o elo de contatos entre os envolvidos no evento e expor as pesquisas e demais atividades desenvolvidas por estes cursos na modalidade presencial e a distância da UFPB – Bananeiras/PB.
 Prof. Dr. Marcos Barros de Medeiros

Agentes da PF na Paraíba aprovam indicativo de greve

policia federalOs agentes da Polícia Federal decidiram por meio de assembleias sexta-feira (17) que podem parar as atividades no país a partir da semana que vem, inclusive na Paraíba. Os profissionais reclamam da Medida Provisória 657, que exige experiência de três anos para o delegado e graduação em Direito, o que já é exigido nos concursos.
Conforme as discussões, a orientação nacional é parar por 72 horas, a partir da 0h da terça-feira (21). De acordo com o Sindicato dos Policiais Federais na Paraíba, ocorreram assembleias em João Pessoa, Campina Grande e Patos, onde 42 dos 86 votantes optaram pelo indicativo de greve e 37 preferiram esperar até o dia 28 de outubro sem nenhuma paralisação.
Nesta segunda-feira (20), o Sinpef-PB faz uma assembleia extraordinária, às 16h, para definir como vai ocorrer a manifestação e a interrupção das atividades na Paraíba.
Segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), os agentes, escrivães e papiloscopistas federais estão com salários defasados. A categoria alega que a Medida Provisória 657 restringe as chefias e o conceito de autoridade policial somente para o cargo de delegado, o que estaria criando uma hierarquia política nunca existente na PF, e retirando a autoridade e autonomia técnica dos demais policiais envolvidos nas investigações.
O presidente da Fenapef diz que a categoria quer a aprovação da MP 650, que regulamenta a exigência de nível superior para os policiais e concede a eles o aumento salarial de 15,8%. A MP será votada pelo Senado no dia 28, mas se não for aprovada, perderá a validade.
Fonte: Assessoria

Em nota, TRE-PB diz que eleitor pode votar sem documento

TREPB-300x179Em meio as dúvidas de eleitores sobre a votação com o uso da biometria, o Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba emitiu uma nota na tarde desta sexta-feira (17) esclarecendo que o eleitor pode votar sem apresentar documentos, desde que a biometria seja reconhecida, mas orientou os paraibanos a levarem um documento oficial com foto para evitar problemas no dia da eleição.
NOTA DE ESCLARECIMENTO
A Corregedoria Regional Eleitoral esclarece ao eleitorado das cidades onde há a identificação biométrica que o eleitor, excepcionalmente, pode votar sem apresentar documento oficial com foto, mas desde que a identificação biométrica se efetive no ato. Recomenda, portanto, que o eleitor compareça à seção eleitoral portando o título de eleitor e um documento oficial com foto para a eventualidade de não ter a digital identificada pela biometria.
TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DA PARAÍBA
Fonte: MaisPB 

Candidatos protestam após perderem horário de prova para estagiário da Cagepa

Portal Correio
Portal Correio
Confusões durante a realização do concurso de estagiário da Cagepa foram registradas em alguns locais de prova da Capital, na manhã deste domingo (19). As provas estavam marcadas para iniciarem às 9h no horário de Brasília, mas com a adoção do horário de verão em algumas regiões do país, muitos candidatos não se alertaram e chegaram atrasados, já que a Paraíba não adota o horário de verão.
De acordo com testemunhas, os estudantes que chegaram atrasados não se conformaram com a perda da seleção e permanecem na porta dos locais exigindo liberação para fazerem as provas.
A seleção de estagiários da Cagepa é destinada a 27 cursos superiores e técnicos profissionalizantes e realizada pelo Centro de Integração Empresa Escola (CIEE). A Cagepa ainda não se manifestou sobre o caso.

Fonte: portalcorreio
 

Todos os Direitos Reservardos © 2014. Rádio Arara FM - ZYL 735 - 87,9 MHz