Rádio Arara FM - ZYL 735 - 87,9 MHz

Últimas Notícias

Prefeitura de Arara tem contas bloqueadas mais uma vez

Written By Sejam bem vindos à Rádio Arara FM on quinta-feira, 2 de julho de 2015 | 12:24


Os funcionários públicos da cidade de Arara tiveram uma triste surpresa nesta quarta-feira 01 de julho, na esperança de receber seus salários referentes aos serviços prestados no mês de junho passado. O motivo as contas da prefeitura de Arara pela segunda vez foi bloqueadas,impedindo assim que os pagamentos fossem efetuados.

Lembrando que à exatamente um mês aconteceu das contas da prefeitura de Arara foram bloqueadas, ainda não se tem informações se este novo bloqueio tem os mesmos motivos do bloqueio realizado no mês passado.

Nesta quarta-feira dia 01 de Julho o prefeito Eraldo esteve em uma emissora de rádio da cidade de Solânea, mais pouco esclareceu sobre o caso. A reportagem do Portal Arara tentou contato com a pessoa responsável pela acessória da prefeitura para mais informações,recebemos a resposta que o prefeito já tinha dado seu esclarecimento na rádio.


Durante a entrevista na emissora de rádio, foi dito que as providências estão sendo tomadas e que em breve tudo será solucionado. Agora resta aguardar e saber se será resolvido parcialmente ou totalmente,já que os funcionários é quem irão pagar sempre todo mês por erros administrativos .





Fonte : Portal Arara

Prefeitura de Arara fará leilão de 5 veículos

O leilão será realizado na sede da Prefeitura no dia 03/07/2015 com horário previsto para as 14h30min  
A prefeitura juntamente com o leiloeiro Marco Túlio Montenegro marcou para a próxima Sexta-feira (3), às 14h30, leilão de carros. Ao todo, 5 veículos serão vendidos .
Os lances também poderão ser online no site http://www.rjleiloes.com.br/ e presencial no dia (03) na Prefeitura Municipal de Arara (Av. Gama Rosa, S/N, Centro).
 Carros disponíveis:
 - FIAT/FIORINO IE - ANO/MODELO: 2005/2006 - PLACA: MNF 9145 - COR: BRANCA.
- VW/GOL 1.0 - ANO: 2006/2007 - PLACA: MOS 0328 - COMB: ÁLCOOL/GASOLINA - CHASSI: 9BWC A05W07T079840 - RENAVAM:    905494806 - COR: VERMELHA.
- FIAT/FIORINO IE – SUCATA,
- KIA/BESTA – SUCATA,
- GM/C ARAVAM - SUCATA


Fonte : Fábio Barreto/Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Arara

TSE autoriza revisão do eleitorado de 98 municípios da Paraíba

Com a publicação do Provimento de nº10 da Corregedoria-geral Eleitoral, constante do Diário da Justiça Eletrônico desta quarta-feira (1º), pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foram aprovadas as localidades a serem submetidas a revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos, pertinente ao Projeto Biometria 2015-2016, em todo o país.


O Provimento mantém a previsão orçamentária para o exercício de 2015 da Justiça Eleitoral, e inclui o custeio de revisões de eleitorado e a disponibilidade de equipamentos.
Na Paraíba forma deliberados, para passarem pela revisão eleitoral com coleta de dados biométricos, 98 municípios, a saber: ALAGOA NOVA, ALCANTIL, ALGODÃO DE JANDAÍRA, AMPARO, APARECIDA, ARAÇAGI, AREIA DE BARAÚNAS, AREIAL, ASSUNÇÃO, BANANEIRAS, BARRA DE SANTANA, BARRA DE SÃO MIGUEL, BAYEUX, BOA VENTURA , BOQUEIRÃO, BORBOREMA, CABACEIRAS, CACIMBA DE AREIA, CACIMBAS, CAJAZEIRINHAS, CAMALAÚ, CARAÚBAS, CATURITÉ, CONGO, COXIXOLA, CUBATI, CUITEGI, CURRAL DE CIMA, CURRAL VELHO, DESTERRO, DIAMANTE, DONA INÊS, ESPERANÇA, GUARABIRA, GURJÃO, IMACULADA, ITAPORANGA, JACARAÚ, JUAZEIRINHO, JUNCO DO SERIDÓ, LAGOA DE DENTRO, LAGOA, LASTRO, LIVRAMENTO, LUCENA, MÃE D’ÁGUA, MARIZÓPOLIS, MATINHAS, MATURÉIA, MONTADAS, MONTEIRO, NAZAREZINHO, OLIVEDOS, PARARI, PASSAGEM, PATOS, PAULISTA, PEDRA BRANCA, PEDRO RÉGIS, PILÕES, PILÕEZINHOS, POMBAL, QUIXABA, REMÍGIO, RIACHO DE SANTO ANTÔNIO, SALGADINHO, SANTA CRUZ, SANTA LUZIA, SANTA RITA, SANTA TERESINHA, SANTO ANDRÉ, SÃO BENTINHO, SÃO DOMINGOS DE POMBAL, SÃO DOMINGOS DO CARIRI, SÃO FRANCISCO, SÃO JOÃO DO CARIRI, SÃO JOÃO DO TIGRE, SÃO JOSÉ DA LAGOA TAPADA, SÃO JOSÉ DE CAIANA, SÃO JOSÉ DE ESPINHARAS, SÃO JOSÉ DO BONFIM, SÃO JOSÉ DO SABUGI, SÃO JOSÉ DOS CORDEIROS, SÃO MAMEDE, SÃO SEBASTIÃO DE LAGOA DE ROÇA, SÃO SEBASTIÃO DO UMBUZEIRO, SÃO VICENTE DO SERIDÓ, SERRA BRANCA, SERRA GRANDE, SOLEDADE, SOUSA, SUMÉ, TAPEROÁ, TEIXEIRA, TENÓRIO, VÁRZEA, VIEIRÓPOLIS e ZABELÊ.
O presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba,  desembargador João Alves da Silva, informou que, na Paraíba, mais de 1/3 dos eleitores estão recadastrados com biometria; a meta do Tribunal Regional Eleitoral é revisar mais 916.713 eleitores, distribuídos em 26 Zonas, cobrindo 98 municípios, envolvendo 563 pessoas e utilizando 386 kits – equipamentos imprescindíveis a realização do projeto. “A revisão do eleitorado com coleta de dados biométricos é sempre uma forma de assegurar a lisura das eleições”, comentou João Alves.
Fonte: Blog do Gordinho

Paraíba terá R$ 2,15 mi anuais em recursos para atendimentos odontológicos

Incentivo federal faz parte de iniciativas de modernização da gestão da saúde


O Ministério da Saúde destinou mais de R$ 2,15 milhões anuais para 49 Centros de Especialidades Odontológicas de 45 cidades da Paraíba. Em todo o Brasil, 673 municípios foram contemplados com mais de R$ 48 milhões por ano para que os estabelecimentos ampliem a qualidade dos serviços oferecidos à população.

O incentivo faz parte de iniciativas de modernização da gestão da saúde que vêm sendo promovidas pelo Governo Federal, com adoção de novos padrões e indicadores de qualidade. A avaliação é composta por três módulos. No primeiro, é verificado se a infraestrutura a manutenção e o uso dos equipamentos, instrumentais e insumos, estão sendo feitos de forma adequada. No segundo, são entrevistados o gerente do CEO e um cirurgião dentista para a obtenção de informações sobre o processo de trabalho, organização do serviço e cuidado aos usuários. No terceiro módulo, é feita uma pesquisa de satisfação com pacientes do Centro, que inclui perguntas quanto ao acesso e qualidade do atendimento.

A lista das cidades que vão receber os recursos adicionais, que se somam ao valor de custeio já pago a esses estabelecimentos, foi publicada na portaria 677/2015, que homologa a certificação dos CEO no Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade dos Centros de Especialidades Odontológicas (PMAQ-CEO).

Na Paraíba, os municípios beneficiados são Alagoa Grande, Araruna, Bananeiras, Bayeux, Belém, Boqueirão, Caaporã, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Catolé do Rocha, Conceição, Conde, Coremas, Cuité, Esperança, Guarabira, Igaracy, Itabaiana, Itaporanga, Itatuba, João Pessoa, Juazeirinho, Juripiranga, Mmanguape, Massaranduba, Monteiro, Patos, Pedras de Fogo, Picuí, Pilar, Pocinhos, Pombal, Princesa Isabel, Queimadas, Rio Tinto, Santa Cruz, Santa Luzia, Santa Rita, São Bento, São João do Rio do Peixe, Soledade, Sousa, Sumé e Taperoá.

Monitoramento

Os 981 Centros de Especialidades Odontológicas que estavam em funcionamento em todo o país entre fevereiro e março de 2013 tiveram oportunidade de aderir ao PMAQ CEO de forma voluntária. Desses, 859 CEO aderiram ao programa, comprometendo-se a cumprir os critérios de qualidade pactuados, e passaram a receber um adicional de 20% no custeio mensal. Após a etapa de avaliação externa, os CEO certificados podem perder os 20% a mais de incentivo do PMAQ-CEO, manter os 20%, ou ampliar para 60% ou 100% adicionais, de acordo com o desempenho e cumprimento dos requisitos pactuados.







Fonte :Assessoria

Modelo diferenciado de cultivo de palma otimiza produção na Paraíba

O cultivo adensado de palma forrageira vem otimizando a produção da planta em propriedades do Agreste da Paraíba. O modelo diferenciado consiste em plantar as mudas uma próxima a outra, aumentando a quantidade e diminuindo custos. Nesta forma de cultivo, enfrentar a seca ficou mais fácil, segundo os produtores. A cultura foi destaque no quadro Paraíba Rural, do Bom Dia Paraíba, nesta quarta-feira (1º).

Na cidade de Logradouro, o agricultor Paulo José dos Santos mudou a forma de produção. Anteriormente, ele sofria na época de estiagem porque tinha que comprar ração, já que a produção própria não dava conta de alimentar todos os animais. "A gente aumentou a produção da palma e do leite e o serviço diminuiu, já que temos a ração em casa", explica.

Para aplicar o modelo adensado existe uma técnica. O produtor deve manter espaço de 10 centímetros entre as raquetes e de 1,20 a 1,80 metros entre as fileiras, além das adubações intensivas de 10 toneladas de esterco por hectare. A palma só pode ser cortada uma vez por ano após o segundo ano de plantio.

De acordo com o empresário Humberto Lisboa, no modelo antigo de produção, em um hectare só se plantava 10 mil plantas, agora são quase 60 mil no mesmo espaço. "Para isso existe toda uma técnica. Tem que nutrir melhor essas plantas através de adubação com esterco de animal ou adubo químico para que tenha um bom resultado", conta.

Fonte : G1

Na PB: fundação de Associação formaliza mercado digital


Na PB: fundação de Associação formaliza mercado digital
Empresários do setor de comunicação em internet na PB fundam Associação, formalizam mercado e pedem respeito

 A Paraíba já tem uma representação formal do mercado de comunicação na Internet. A fundação da Associação de Mídia Digital (Amidi), no final da tarde de ontem, fruto de pelo menos cinco reuniões prévias, oficializa a força de um meio ascendente e revolucionário.


Reunidos, os representantes dos principais portais de notícias e blogs da Paraíba pactuaram a constituição embrionária da entidade, sob o compromisso de fortalecer e ampliar a representação do segmento.


“A partir de agora, vamos ampliar esse diálogo com o setor e representação nas regiões do Estado para fortalecimento da Associação. Demos apenas o pontapé, os demais e importantes atores desse processo serão chamados para essa construção coletiva que está apenas germinando”, registrou o primeiro presidente eleito da Amidi, Fábio Tárgino (PBagora).


Na fundação, a diretoria formatou e lançou Manifesto Público da Associação. Nele, a Amidi defende a conjuntura incontestável em torno dos veículos de comunicação na Internet, num cenário em que a Paraíba se destaca acima da média nacional de tempo de uso do meio, por exemplo.


“Todos os indicadores no País e no Estado comprovam o crescimento da Mídia Digital não só no componente de importância e grande atratividade social pela velocidade e interatividade de conteúdo, ultimamente ampliando-se fortemente no componente negocial, via publicidade e outros negócios ramificados”, diz o texto.


O manifesto também cobra respeito do mercado tradicional e alerta para reação a toda, por menor que seja, tentativa de desqualificação.” Neste ato de fundação, a AMIDI repele toda tentativa de desqualificação dos veículos de comunicação digital da Paraíba, venha de onde vier, e assume aqui o compromisso de, sempre que necessário, reagir à altura, coletiva e altivamente, com o devido repúdio”, acentua.


DIRETORIA:

Presidente: Fábio Targino (PBagora)

Vice-presidente: Heron Cid (MaisPB)

Secretário-geral: Gutemberg Cardoso (Polêmica Paraíba)

VICES SETORIAIS:

Vice-presidente de Sites: Walter Santos (Wscom)

Vice-presidente de Blogs e Vlogs: Sávio Loureiro (Clickpb)

Vice-presidente de Web Rádio/TV e Perfil em rede social: Fabiano Gomes (Blog do Gordinho)

Tesoureiro: Hyttalo Hallef (Blog do Dércio).



Confira o Manifesto na íntegra:

MÍDIA DIGITAL: CONJUNTURA, MERCADO, ÉTICA, NOVAS TENDÊNCIAS E REPRESENTACÃO


O Mercado de Mídia Digital no Mundo, no Brasil e na Paraíba vive o estagio de super-dimensionamento de realidade revolucionária na correlação sociedade - conteúdo - interatividade e comercialização em nível a exigir a urgente normatização de regras a ser referenciada por diversos agentes da representação publica e privada.


A recente pactuação dos presidentes do Brasil, Dilma Rousseff, e dos Estados Unidos, Barack Obama, de reforçar a constituição do Fórum de Governança na Internet como parâmetro do setor para todo o Mundo faz exigir que os mercados admitam e convivam com novas estruturas de representação social.


Este cenário de expansão do segmento da Internet revela que o Brasil vive registrando o crescimento do setor de Mídia Digital com a Paraíba se destacando através de diversos Portais/Sites no TOP das referências de acessos e/ou audiência no contexto nacional.


No caso específico da Paraíba, há a constatação de centenas de referências neste mercado digital, através de Portais, Sites, Blogs, etc, em todo Estado constituindo-se em realidade reconhecida formalmente ao longo dos últimos anos.


Todos os indicadores no País e no Estado comprovam o crescimento da Mídia Digital não só no componente de importância e grande atratividade social pela velocidade e interatividade de conteúdo, ultimamente ampliando-se fortemente no componente negocial, via publicidade e outros negócios ramificados.


Apesar dessa realidade insofismável, lamentamos que setores isolados e conservadores resistam ao reconhecimento de um mercado que gera empregos formais, tem ampla repercussão e eco, das redes sociais às pautas dos veículos tradicionais.


Em face deste cenário incontestável, a Paraíba passa a conviver a partir desta data com a constituição da ASSOCIAÇÃO DE MÍDIA DIGITAL, através de Conselho Consultivo, cujo objetivo precípuo é representar mercadológica e institucionalmente o setor de forma legal nunca existente, visando ainda a contribuição com a educação e reciclagem permanente do setor, preservando valores éticos na relação também com a sociedade.


Neste ato de fundação, a AMIDI repele toda tentativa de desqualificação dos veículos de comunicação digital da Paraíba, venha de onde vier, e assume aqui o compromisso de, sempre que necessário, reagir à altura, coletiva e altivamente, com o devido repúdio.


O mercado tradicional, o meio publicitário e as instituições públicas não podem e nem devem fazer vistas grossas a este ambiente de ebulição na Internet. Disponíveis à boa convivência, o mínimo que se reivindica é o reconhecimento e a justa e legal participação proporcional na distribuição técnica das verbas institucionais e privadas.


A constituição legal desta entidade significa a contribuição das Empresas do setor de âmbito estadual para contribuir com o mercado, as agências de propaganda e Poderes constituídos na instrução e melhoria da co-existência de uma representação eleita democraticamente e com notório conhecimento do mercado, visando oferecer aos demais segmentos de Público e Privado as referências e balizamentos exigidos pela nova ordem conjuntural.


Quem tenta negar ignorar a onda real da comunicação interativa e ágil na Internet, está desavisadamente nadando contra uma maré de grandes proporções, correndo o risco de afogamento, por imperícia ou presunção. 


Diante deste contexto, a AMIDI se apresenta a partir desta data como única representação estadual do segmento colocando-se junto ao próprio meio e sociedade como canal de sustentação desta nova correlação mercadológica e institucional. Estamos de mãos estendidas para ampliação e construção de uma nova fase e tempo.


João Pessoa, Paraíba, 1º de julho de 2015.


DIRETORIA:

Presidente: Fábio Targino (PBagora)

Vice-presidente: Heron Cid (MaisPB)

Secretário-geral: Gutemberg Cardoso (Polêmica Paraíba)

VICES SETORIAIS:

Vice-presidente de Sites: Walter Santos (Wscom)

Vice-presidente de Blogs e Vlogs: Sávio Loureiro (Clickpb)

Vice-presidente de Web Rádio/TV e Perfil em rede social: Fabiano Gomes (Blog do Gordinho)

Tesoureiro: Hyttalo Hallef (Blog do Dércio).





Fonte : PB Agora 

Ministério Público da Paraíba divulga concorrência de concurso

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) divulgou nesta terça-feira (30), a concorrência de candidatos para cada vaga do concurso público para servidores do órgão. Segundo o MPPB, as 105 vagas oferecidas vão ser disputadas por 49.361 inscritos. A maior concorrência é para o cargo de analista ministerial – odontologia, com 633 candidatos por vaga.

Neste concurso, há vagas para cargos de nível superior e nível médio. Os vencimentos variam de R$ 3.341,29 a R$ 4.940,25. O edital também prevê cadastro de reserva. As provas estão programadas para o dia 19 de julho.

O segundo cargo com maior concorrência é o de técnico ministerial – sem especialidade, com 500 candidatos por vaga. Em terceiro, o de analista ministerial – auditor de contas públicas, com 475 candidatos por vaga.

Os demais cargos registraram as seguintes concorrências: desenvolvedor, 298 por vaga; administrador de redes, 438 por vaga; administrador de banco de dados, 153 por vaga; analista ministerial – medicina, 137 por vaga; técnico ministerial – suporte, 367 por vaga; técnico ministerial – webdesigner, 244 por vaga; técnico ministerial – diligência e apoio, 454 por vaga.

A comissão organizadora é presidida pelo promotor de Justiça João Arlindo Corrêa Neto e composta pelo promotor José Leonardo Clementino Pinto e pelos servidores Marcos Vinícius Ferreira Cesário, Célia Maria Bezerra de Melo e Ícaro Ramalho Dionísio.

Fonte : G1

Deputados brasileiros aprovam redução da maioridade penal

Presidente da Câmara de Deputados avançou com votação de um rascunho alternativo 24 horas depois do plenário ter chumbado uma proposta de emenda constitucional para baixar a idade da imputação penal dos 18 para os 16 anos.
Para a oposição à proposta de emenda constitucional para a redução da idade de maioridade penal dos actuais 18 anos para os 16 anos, as manobras do presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha, equivalem a um “golpe”: depois de ver a proposta rejeitada por cinco votos numa votação realizada na madrugada de quarta-feira, o responsável pelos trabalhos legislativos agendou um segundo voto, de uma versão mitigada da mesma proposta, que acabaria por ser aprovada com 323 votos a favor e 155 contra na madrugada de quinta.

As diferenças da segunda versão para a proposta que foi votada primeiro têm a ver com a tipificação dos crimes que serão passíveis de punição penal a partir dos 16 anos. A versão “mais branda” deixa de fora os crimes de tráfico de droga, roubo qualificado, lesão corporal grave e terrorismo – nesse caso, os menores de idade continuarão a beneficiar das salvaguardas jurídicas do Estatuto da Criança e do Adolescente, que remetem para o internamento por um período máximo de três anos.

No resto, manteve-se o que estava previsto no texto chumbado. Assim, qualquer menor que seja acusado por crimes cometidos com violência ou grave ameaça como homicídio ou violação, ou “actos infraccionais hediondos”, passará a ser julgado como adulto a partir dos 16 anos, e estará sujeito ao mesmo tipo de penas e ao encarceramento em prisões “normais” em caso de condenação.

A iniciativa de Cunha, um político eleito pelo PMDB e que se voltou contra o Governo de Dilma Rousseff apesar de o seu partido pertencer à base aliada, provocou enorme celeuma. Apesar da discussão, a manobra poderá falhar o seu objectivo, uma vez que dificilmente a nova versão será aprovada pelo Senado, e mesmo que o seja, o mais provável é que todo o processo acabe por ser impugnado no Supremo Tribunal Federal.

A proposta, que foi patrocinada por congressistas da chamada bancada da bala, uma ala conservadora do Congresso composta por ex-militares e polícias, contava com a oposição do Governo, do Partido dos Trabalhadores e de uma parte do PSDB, a maior força da oposição. Mas nas 24 horas que mediaram as duas votações, o presidente da Câmara conseguiu negociar o apoio de um número suficiente de sociais-democratas para ultrapassar os 308 votos necessários para alterar a Constituição.

Vários congressistas prometeram já recorrer à mais alta instância judicial do país para contestar a chamada emenda aglutinativa (o texto alternativo) apresentada por Cunha. “Isto aqui é o parlamento, não é a casa de vossa excelência, onde você manda e desmanda”, atacou o deputado Glauber Braga, do PSB, qualificando a manobra de Eduardo Cunha como uma “escalada do autoritarismo”. “A presidência não pode atropelar a decisão deste plenário. Não podemos votar emendas a um texto que já foi rejeitado”, acrescentou Jandira Feghalli, do PC do B.

Juristas e constitucionalistas defendem a nulidade da votação de quinta-feira: embora o regimento do Congresso preveja a repetição de votações sobre o mesmo tema (um projecto de lei ordinária que seja derrotado numa primeira ronda pode ser novamente posto à consideração do plenário), no caso das propostas que resultam em alterações à Constituição, a norma exige que seja primeiro votado o texto original – que para complicar ainda mais o caso, nem sequer é aquele que foi submetido na quarta-feira, e que já resultava de uma “afinação” do documento propduzido pela Comissão Especial encarregada de elaborar a proposta de emenda constitucional (ou PEC), e que estabelecia a redução da maioridade penal para todos os crimes.

Em declarações ao portal G1 da rede Globo, Eduardo Cunha reconheceu parcialmente os argumentos usados contra si pela oposição, justificando desta forma a sua iniciativa: “Estou com raiva que eu não posso votar; pretendo que se reinterprete o regimento para que eu possa votar”.


Fonte :publico.pt
 

Todos os Direitos Reservardos © 2014. Rádio Arara FM - ZYL 735 - 87,9 MHz